quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Sobre um dos e-mail's que recebi:
VAN CURTT05:15 1 comentários



Editora Record
Vencedor do prêmio Bancarella 2009
Vencedor do 11° Prix SNCF du polar
“Esta semana recebi um e-mail com a seguinte pergunta:

- Estou escrevendo um livro, como reduzirei as minhas chances de falhar?

Sobre o sucesso de um lançamento, poderia pontuar em inúmeros tópicos, mas o que mais chama a atenção é a desinformação e a intensão notória de escora. Antes de iniciar qualquer rascunho você tem de ter um enfoque mas, não necessariamente uma historiografia com acontecimentos e desenhos dos personagens: o interessante é que anote o máximo de informação assim que elas surgirem.
Primordialmente deve-se conhecer o mercado e todos os seus ofensores para que você não seja surpreendido com o sucesso ou insucesso do lançamento. Fundamental que você leia não apenas os livros premiados, mas autores iniciantes, e tente remodelar o que não esteve do seu grado, “apenas na leitura, óbvio”.
Editora Panda,
Lançamento nacional
Após amadurecer essas ideias, você terá um senso crítico e saberá o que esta fazendo e o como este projeto deve ser executado, deixando por último o trabalho visual, mas (e quem nunca comprou um livro pela capa?) se você não é âncora de jornal, um missionário religioso, cantor ou artista de TV e apenas uma pessoa que se aperfeiçoou na escrita, não é aconselhável que insira na capa uma fotografia sua, mas mantenha-se informado para que o seu sonhado lançamento não fique com a cara daquele best-seller premiado”.


Abs.







sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Não é bruxaria, mas um bom ilusionismo:
VAN CURTT17:06 0 comentários




conseguiram visualizar ?


sexta-feira, 21 de outubro de 2011

O livro TABULEIRO em 01/2012 pela NOVO SÉCULO: mas o autor também participará da antologia Emoções, lançamento de 02/2012 da Editora Assis.
VAN CURTT06:12 1 comentários


Sobre o livro Tabuleiro: tem-se avançado para as etapas finais necessárias de um grande lançamento, contudo este não seria o motivo desta postagem. Mas informa-los que recentemente tive contemplado com mais uma impulsão na busca primária e fundamental de me consolidar dentre os escritores de renome; (...) aqueles com diversos méritos em vários seguimentos.
Agradeço todas as pessoas que se envolveram com o QUINTO CONCURSO: CRÔNICA E LITERATURA, promovido pela Editora Assis, e criteriosamente formaram uma carta de novos talentos da literatura nacional, tendo assim incluído um trabalho assinado por VAN CURTT na antologia Emoções, prevista para lançamento em Fevereiro de 2012.
Estes nove anos dedicados ao aprendizado e definição de uma linha criativa foram árduos, mas como todo desenvolvimento que levado a sério gera frutos, vejo um pomar de oportunidades, de frutos saborosos e airosos prontos para serem colhidos e deliciados. – Fica então a dica aos confrades escritores que se iniciam em qualquer dos seguimentos: que o defina antes de buscar aperfeiçoamento... seja infantil, romance, cronista, policial, você deve saber para onde correr.
Ah! A crônica que enviei para representar o tema: O medo foi, “Um Estranho entre porcos”.
Confiram todos os participantes no blog do concurso:
 http://cronicaeliteratura.blogspot.com/2011/10/resultado-concurso-cronica-e-literatura.html

segunda-feira, 25 de julho de 2011

TRAILER BOOK DO LIVRO - TABULEIRO
VAN CURTT06:48 0 comentários

     De antemão gostaria de agradecer a todos os profissionais do selo JOVENS TALENTOS (Editora Novo Século) pelo comprometimento com o qual têm tratado o meu primeiro romance, destinando ao TABULEIRO o carinho qual todo pai gostaria que seu filho fosse tratado. Prometi a todos os amigos e leitores, não vos apresentar propostas vagas de publicação e realmente postar algo quando essa estivesse plenamente contratada, enfim...
       Anexei a esta postagem o BOOK TRAILER do livro (ainda não oficial), para que cada um de vocês possam visualizar, - E que fossem os primeiros a comentar e contribuir com o Buzzmarking (boca a boca), indicando o livro aos seus contatos nas redes sociais e/ou simplesmente se preparando para ler um livro nacional com os mais altos padrões de qualidade editorial e literário estadunidense.
    
     "Uma obra invejável aos mais experientes suspensistas!"

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Paulo Coelho / cinema e twitter
VAN CURTT11:29 1 comentários

         
          O menino nascido no Rio de Janeiro (RJ), em 24 de agosto de 1947, é hoje o autor vivo mais traduzido do mundo, segundo o Guinness World Record, qual o teve conferido o título por consequência da obra The Alchemist- (2009). Filho de engenheiro e sustentador de um curricular extenso, entre prêmios e condecorações, Paulo Coelho teve recentemente o privilégio de ter quatro livros sendo desenvolvidos simultaneamente ao cinema.
          Os direitos de filmagem de O Alquimista foram adquiridos pela Warner Brothers, que igualmente está desenvolvendo o roteiro do filme Onze Minutos pela Hollywood Gang Production e Verônika Decide Morrer pela Muse Productions (VS); além de Monte Cinco pela Capistrano Productions.
          A boa notícia é que o gênio brasileiro poderá, além de brindar com o seu já fidelizado público a nova conquista, também cativar novos leitores, enfim... O sonho do espiritualista, qual parecia grande demais, finalmente se deu em um planeta pequeno demais pra acolher tantas proezas.
          Depois de ser citado entre as celebridades mais influentes do mundo, recentemente teve-o concedido o título de segunda pessoa mais influente do twitter, como não poderia de ser, somente atrás de Justin Bieber, segundo um ranking publicado pela revista “Forbes” na ultima quarta-feira (15/01/2011).

1. Justin Bieber
2. Paulo Coelho
3. Joe Jonas
4. Kanye West
5. Dalai Lama
6. Nick Jonas
7. Lady Gaga
8. Conan O'Brien
9. Iamdiddy
10. Hayley Williams
11. Barack Obama
12. Kim Kardashian
13. Tyrese
14. Federico Devito
15. José Serra
16. The Ellen Show
17. Angela Simmons
18. Katy Perry
19. Roger Ebert
20. Rick Warren

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

QUAIS OS LIVROS CONTAM?
VAN CURTT15:48 0 comentários

“Descorçoes senhores críticos, aos nossos leitores!” Qual a funcionalidade de se anegar a qualidade de uma obra pouco difundida ao grande público, sem a apropriada apreciação do seu enfoco?
A trilogia de Larsson é o centro de muitas das atenções críticas nacionais, devido ao seu inesperado desempenho em números relativos aos mercados por onde avassalou com a concorrência... enfim. O que tenho acompanhado dentro da discussão de “alguns” críticos, é o comentário: [Não surgirão novos autores como Cecília Meireles e Castro Alves]. Mesmo em passadas lentas, o mercado livreiro está avançando, no quando corajosos anônimos ao grande público como Spohr aventuram-se a rever estes conceitos anosos e manquitolas, impondo indultos a não julgar a literatura nacional sem que seja devidamente decomposta por seu leitor foco.
A resposta é: Sim... surgirão outras pessoas à aumentar a carta de livros nacionais, desde que, empenhadas a prosseguir com a “responsabilidade” de conquistar novos leitores, dentro ou não, do mapeamento de 4,7 livros lidos por cada brasileiro ao ano.
A conta parece ser simples; 4,7 livros ao ano... Mas a pergunta que fica é: - Caso eu leia 12 livrinhos difusos em 50 páginas e letras gigantes, valerá à mesma análise perante duas séries de 1.700 páginas cada, somando-se apenas 6 unidades saltérios?
Quantidade ou qualidade? Deve-se incentivar o novo leitor brasileiro, massacrando os que devoram uma média de 30 livros/ano com as perspectivas devastadoras dos “especialistas”?
A resposta das tantas perguntas poderia ser respondida ao analisar os dizeres do gênio irlandês.
.....

 “Só um leiloeiro consegue de forma equânime e imparcial, admirar todas as escolas artísticas.” OSCAR WILDE
.....

A escola de J.R.R Tolkien vai além da fantasia, quão própria escola de Wilde invade o romance.
A ORDEM ENFIM DEVA SER... LER SEM PRECONCEITO, SEM SUBJULGAR OS INICIADOS, pois dentro da memória dos mais devoradores, sempre existirá aquele livrinho de 50 páginas lido na infância, que muitas das vezes nacional, perde a vaga de pior livro pra autores traduzidos e grandes consagrados internacionais.