quinta-feira, 1 de novembro de 2012

AS ESTRATÉGIAS DO TABULEIRO - pelo Blog / Editora Novo Século
VAN CURTT07:42 0 comentários


Leia o artigo na fonte: BLOG DA NOVO SÉCULO

Saudações literárias, queridos e exigentes leitores.
Sou Van Curtt, autor do thriller Tabuleiro, lançamento de janeiro deste ano pelo selo Novo Talentos da Literatura Brasileira. Passei contentíssimo com o convite de poder compartilhar convosco algumas etapas de criação desta publicação, como também de poder formar este artigo (bate-papo), deixando-o disponível e imparcial a todos os nichos de leitores como aos futuros confrades de profissão.
Iniciei-me como escritor junto ao tumulto da universidade, ainda com dezesseis anos, e concluí o meu primeiro projeto um ano depois: quando compreendi que deveria acertar alguns ponteiros quanto ao ato de escrever, pois a minha ficção fantástica se transformara em um complexo livro de terror, descartado meses depois…



  • Todas as minhas cobaias se assustaram e não terminaram a leitura, deixando-me modestamente contente: imaginem!

Hoje compreendido o ponto chave de sustentabilidade e estruturação de estórias que realmente sejam envolventes, repasso a preciosa informação de que o autor carece de responsabilidades com o seu público leitor; e por isso tem de defini-lo ainda na primeira publicação, para compreender seus ensejos e afunilar suas aptidões a fim de alcançar as expectativas de quem confia a ele o investimento do seu momento de lazer.
Dentre esse tempo como aspirante a escritor, compreendia a cada novo dia a acuidade junto à necessidade de profissionalizar-me, para que o leitor tivesse informações vitalícias, momento no qual vasculhei as minhas competências em buscar informações cabais junto aos profissionais sobre a área na qual desejava escrever. Além de proporcionar uma estória devorada em dias. Foi então, que, imaginando formar algo no âmbito social, surgiu-me a ideia de escrever sucinto sobre albinismo e seu preconceito conglomerado, além de suas necessidades assistenciais. Notado que o preconceito racial é também impulsionado pela deficiência estimativa impregnada pela sociedade, estava formado o contexto do livro.
  • O grande personagem de um livro será sempre lembrado por suas buscas, não propriamente por suas conquistas – o investigado Mcklim já é um dos preferidos dos leitores e isso teve surpreendido e me deixado ensimesmado.

Eu precisava de algo mais. Por que não um investigador argucioso (Mcklim) e seu cigarro elétrico? Jornalistas ambiciosos e uma boa junta de advogados famintos?
Ao livro Tabuleiro foi missionado cerca de catorze meses até a sua conclusão, foram inúmeros encontros e pesquisas psicológicas, criminalísticas e advocatícias, incluindo uma consulta a um oftalmologista para compreender um pouco mais a depredação genética que uma das personagens me impôs… Privei os termos técnicos a lhes apresentar, de forma modesta, o conjunto de situações pouco comuns, enlaçadas em um grande jogo pela sobrevivência, onde o suspense vai além de descobrir quem busca por mais uma vítima.
  •  O livro deve ser finalizado quando você achar que pode inserir mais um capítulo.

Mesmo com tanto para pontuar e já com 536 páginas, as arestas estavam amarradas, o final tão ágil quanto um bom cavalo de corrida, finalmente todo tempo destinado à profissionalização havia valido a penação. Tinha em minhas mãos algo do qual orgulharei até o último lançamento e, tão denso quanto a escola que represento: os thrillers de suspense. Como também, dezenas de esboços e muito a dizer.
Foram poucos dias de avaliação até ser contatado pelo meu anjo editor (alguns têm anjo protetor), dizendo ter nas mãos um livro altamente competitivo no gênero, além de seu consentimento para me incluir no mais seleto grupo de autores nacionais recentemente publicados, o selo Novos Talentos da Literatura Brasileira, hoje, formador de leitores além de atencioso às próximas tendências e… Mesmo tendo migrado para a ficção adulta, ainda navego pela competência de nossos autores de ficção fantástica e romancistas.
Escolha um livro compatível a sua preferência literária e sinta-se livre para voar, e/ou se meter em uma boa e angustiante enrascada.
Para os que optarem pelo thriller Tabuleiro, fica a dica, não tenham pena do assassino, mesmo ele também sendo outra vítima!!!
Conte comigo e até as letras seguintes.
Grande abraço do autor,
VAN CURTT
Tabuleiro no youtube:
Sinopse
Denso, ágil, profundo e ético, o Tabuleiro é um thriller psicológico muito além da criminologia: também é uma fábula romântica. Óbvio acusar um cidadão albino, adotivo e disposto ao suicídio de ter assassinado uma mulher que o chacoteou, ainda pelo encontrar de uma luva idêntica a que ele calçava quando clicado por uma jornalista, enquanto discutia com a vítima. Mas, e sobre aquela que ele dizia ter apreço? Sua primeira confidente fora encontrada sem os globos oculares, acompanhada por outro cadáver masculino, enunciando sua autoria. A mídia não dizia tudo sobre os atos, e os submissos da imprensa se dividiam em dois grupos pelo período eleitoral: os que acusavam o governo de descaso, e outros que apoiavam a reeleição de Hermes com matérias floreadas, mas a ABIN ainda exigia explicações. Quando o jornalista da CN se une a estatística de nove assassinados no Tabuleiro, trás consigo a evidência de uma rede de conspiração política, que pode mudar o rumo da corrida à prefeitura da cidade do Rio de Janeiro. Resta agora, apenas o êxtase pela vitória e o ensejo de manter-se vivo dentro dessa disputa interna.
Categoria:
Van Curtt Van Curtt já é citado dentre os maiores nomes da alta literatura contemporânea brasileira, e se consolida a brindar com você leitor seu segundo trabalho, "O Condutor", após o aclamado suspense psicológico "Tabuleiro" (2012), que o apresentou ao mercado e arrebatou a crítica por sua apurada técnica e diálogos sólidos. É hoje munícipe de Uberlândia-Brasil, sua cidade de origem.

0 comentários

Postar um comentário